quinta-feira, 17 de junho de 2010

Diferença entre Hard Rock, Metal e Heavy Metal

Muitas vezes, nós não sabemos diferenciar o hard rock do heavy metal. Na verdade, há uma grande diferença. Há diferença até mesmo entre metal e heavy metal. Não faz sentido? Leia o seguinte:

Hard Rock:

Em 1964, a banda de rock clássico The Kinks lançou o seu primeiro álbum, homônimo. Ao todo, não fez muito sucesso, mas uma música merece destaque. "You Really Got Me" misturou o rock clássico da época com um pouco do blues, somando isso a guitarras rápidas e ressucitando a força dos power chords, presentes na música medieval. Eles assim abriram as portas, quase que por acidente, para o hard rock. Um pouco mais tarde, começou a época dos grandes guitarristas. A maioria misturava o hard rock de The Kinks e outras bandas posteriores como Cream e The Who com jazz, acid rock e rock psicodélico. Dessa cena, merecem destaque Link Wray e o mestre Jimi Hendrix. Nos anos 70 e 80, o hard rock se caracterizou com bandas como Kiss, AC/DC e Guns n' Roses, que se tornaram mais pesadas que as da época e foram incrementadas com baterias poderosas, guitarras fortes e vocais agudos, com letras que falavam sobre ocultismo, amor e, é claro, rock n' roll. Esse é o hard rock que nós conhecemos. Depois de cruzar com o blues-rock da época, surgiria o fenômeno do heavy metal, mas aí já é outra história...

Heavy Metal:

EUA, EUA e EUA... Os Estados Unidos são e sempre foram a capital da música, certo? Errado! A Inglaterra esteve muito metida nisso. Em 1967, a banda americana Steppenwolf gravou a música de hard rock Born to Be Wild, que carregava guitarras distorcidas e baterias pesadas, diferentemente das bandas clássicas de hard rock. Até hoje se discute se essa música é hard rock ou heavy metal. Em 1968, depois de 2 anos de nenhum sucesso, o quinteto de blues (isso mesmo, blues) de Aston (região no norte da Inglaterra de 15 mil pessoas na época) se separou. Por uma grande coincidência, a banda de blues Rare Breed (a primeira banda de Ozzy Osbourne) também se separou. Dois deles se reuniram com dois ex-membros do Mythology e formaram a banda de blues Polka Tulk, que depois se tornou Polka Tulk Blues, logo Earth. Em 1969, o baixista Geeze Butler disse "É estranho as pessoas pagarem para sentir medo", depois do sucesso do filme de terror Black Sabbath, de Boris Karloff. Então, trocaram o blues pelo emergente blues-rock, dando a ele um tom sombrio e distorcido. Assim surgiu a banda Black Sabbath, e junto deles o heavy metal que nós conhecemos, e, como não se esperava, do BLUES. Enquanto tio Ozzy arrasava no norte da Inglaterra, a banda londrina de hard rock Led Zeppelin, (a.k.a. quatro deuses do rock) lançava músicas que foram influenciadas pelo folk celta e o blues. A banda começou a fazer um sucesso estrondoso, sendo a ÚNICA banda até hoje a pôr todos os álbuns no topo das paradas americanas. Várias outras bandas merecem menção, como Deep Purple, Judas Priest, Thin Lizzy e o cantor Alice Cooper. O heavy metal que conhecemos foi um cruzamento do movimento folk/hard rock do Led Zeppelin com o "eu odeio hippies" do Black Sabbath.

Metal:

No início dos anos 70, o heavy metal começou a fazer sucesso, e, com isso, começou a aparecer seus derivados. No meio dos anos 70, acelera-se o heavy e surge o speed metal com Motörhead, Venom e Accept. Um pouco depois, veio o thrash metal, com bandas americanas como Metallica, Overkill, Metal Church, as alemãs Kreator, Sodom e Tankard,as brasileiras Sepultura, Lobotomia e Korzus e a dinamarquesa Artillery. Com o tempo, apareceram doom, glam e nu metal nos EUA, power e industrial metal na Alemanha, extreme power na Finlândia, death na Suíça, folk no Brasil, black na Noruega, ... Então, o heavy metal ficou dividido entre vários subgêneros. Para englobar o heavy metal de Iron Maiden com o thrash de Metallica e o prog de Deep Purple, entre incontáveis outros, havia um único termo disponível. O poderoso METAL, o grande estilo que regerá esse site. Quando você ouvir alguém dizer "Odeio heavy metal. Aqueles caras gritando...", não gaste seu conhecimento. Deixe eles falarem isso, afinal, é só o direito de ser ignorante...

Próxima semana: "Ocultismo e heavy metal"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário